ENTREVISTA COM O TENENTE TELHADA

Prepare-se para o concurso

Com a autorização para abertura de um novo concurso para oficial da PM, é mais do que válido ouvir quem já alcançou o sucesso.

 

 

Rafael Henrique Cano Telhada é Primeiro Tenente da Polícia Militar do Estado de São Paulo, tem 31 anos e é filho do ex-comandante da ROTA, Coronel Telhada. Ele concedeu uma entrevista exclusiva ao Sargento Reserva Ronaldo Ligieri, Diretor do Curso Palestra Gratuita. O Tenente Telhada contou sobre sua vida na corporação e deixou algumas dicas para quem quer começar a carreira na Polícia Militar. Confira:

RFP – Quantos anos na Polícia Militar?

TT – Ingressei na carreira em 9 de fevereiro de 2004 após ter passado no concurso público para aluno oficial da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, então, estou próximo de completar 14 anos na instituição.

RFP – Como foi sua preparação para a academia?

TT – Ainda cursando o terceiro colegial em 2003, eu disciplinei meu cotidiano estudando na parte da manhã e à tarde praticava artes marciais. Essa rotina foi muito importante para o condicionamento físico e para as futuras provas do teste de aptidão física (TAF) e no período noturno eu fazia um curso preparatório para concurso público.

RFP – Seu pai foi a maior inspiração para seu ingresso na PM?

TT – Sem dúvidas, eu me espelhei nele (Coronel Telhada), porém, meu pai nunca tentou me convencer para entrar na polícia, sempre me deixou bem à vontade para escolher uma profissão. Naturalmente, por ele amar a profissão isso pesou muito para minha escolha pois sabemos que no âmbito familiar o pai e a mãe são sempre fontes de inspiração.

RFP – Quais unidades você já serviu?

TT – Eu já passei por quatro unidades diferentes, Academia do Barro Branco durante a formação, depois fui ser aspirante do 4º BPM/M por 4 anos na região da Lapa e Pirituba, após isso fui para o 2º Batalhão de Choque onde fiquei 7 meses na ROCAM. Após este curto período fui transferido para a ROTA onde permaneci por 3 anos e 10 meses e em 2015 voltei para o 2º Batalhão de Choque onde desenvolvi a função de comandante de pelotão.

RFP – Recentemente você se especializou em um curso, pode falar como foi?

TT – Claro, este ano de 2017 eu concluí o Curso de Operações Especiais da PM (COE) que é o mais difícil da corporação e um dos mais difíceis do país.

Eu tentei por 3 vezes ingressar neste curso, em 2009 eu fui reprovado no teste de aptidão física, no ano de 2016 eu fui aprovado, mas não consegui classificação. Este ano eu consegui ser aprovado e obter classificação. Iniciei o curso em abril, conclui os 45 dias sem sofrer graves acidentes e fui aprovado em todos os testes e provas exigidos no curso conquistando a caveira (símbolo oficial do curso em todos os estados do país). Foi muito difícil, o curso coloca a prova o limite do homem explorando ao máximo o sono, cansaço, frio e calor. Você é submetido a uma série de restrições, tem que concluir seus objetivos para deixá-lo apto à cumprir missões que outras tropas não conseguem obter êxito.

RFP – A Polícia Militar oferece cursos constantes para aperfeiçoamento?

TT – Sim, a instituição tem uma série de cursos, alguns restritos a sargentos e oficiais e outros para todas as hierarquias. Dependendo da unidade onde o policial está servindo, ele terá acesso maior aos cursos bem ramificados que são direcionados a atividade que mais se adequa ao seu perfil de trabalho ou a unidade em que está servindo.

RFP – Em sua opinião quais as maiores dificuldades dos candidatos para ingressar na PM?

TT – Acredito que a primeira dificuldade é a falta de informação, os candidatos devem procurar um curso especializado na área. Hoje temos cursos preparatórios para o candidato não sofrer com a falta de material para estudo e chegar no dia do exame totalmente fora do contexto, por exemplo, muitos amigos conquistaram a vaga por intermédio do Curso Palestra Gratuita que lhes deu total apoio na parte escrita, e também em outra dificuldade que é a questão física para conseguir atingir a meta exigida pelos avaliadores no teste de aptidão física.

 

Curso Palestra Gratuita – concurso para oficial da PM

 

O Curso Palestra Gratuita pode te auxiliar em todas as fases do concurso para oficial da PM, para que assim você possa buscar pelos seus objetivos e colocação.

Temos aulas presenciais e no formato EAD para você conquistar seu apto na fase escrita, tendo provas e simulados em ambas as opções. Disponibilizamos apoio psicológico para que o candidato seja capaz de ter um maior entendimento de si. Dessa forma, possibilitar o desenvolvimento do seu auto aprimoramento dentro da sua jornada, visando o alcance de suas metas. Trabalhamos com diversos recursos, dentre eles, dinâmicas de grupo e consultas com uma equipe de psicólogos reconhecidos, nosso time trabalha para que o candidato tenha a possibilidade de se conhecer e evoluir.

Explicamos todos os detalhes da fase de investigação social, como ela procede. Auxiliamos na etapa médica explicando o que reprova ou não para que o aluno possa se cuidar. Auxiliamos também para o TAF, ajudando o candidato em sua parte física.  Além disso, oferecemos total apoio jurídico aos nossos alunos.

Temos EAD referente ao concurso para oficial da PM

Fique de olho em nossas redes sociais para saber mais sobre o concurso para oficial da PM!

 

Caso queira saber mais, entre em contato com a nossa central no telefone (11) 4237-2000, no Whatsapp do nosso departamento (11) 94453-4252 ou envie um e-mail para supervisao@palestragratuita.com.br.

Últimas do Blog

Categorias do Blog

Nossos Cursos

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias:

Voltar página anterior
Fechar Menu