Curso para Policia Militar

Conheça nossos Cursos:

A Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP) detém o maior efetivo policial do Brasil. Com cerca de 100 mil policiais, possuí uma série de atividades especializadas. Dentro da PM existe o Grupamento de Rádio e Patrulhamento Aéreo, Canil, Polícia Ambiental, Polícia Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Choque e outros grupos de atuações.
Atualmente a PMESP possui 23 grandes comandos, sendo 9 sediados na capital do estado, que é a cidade de São Paulo. Sendo eles:
CPC – Comando de policiamento da capital.
COM – Comando de policiamento metropolitano.
CPChq – Comando do Policiamento de Choque.
CPRv – Comando de Policiamento Rodoviário.
CPAmb – Comando de Policiamento Ambiental.
CCB – Comando de Corpo de Bombeiros.
CPTran – Comando de Policiamento de Trânsito.
GRPAe – Comando do Grupamento de Radiopatrulha Aérea “João Negrão” – ÁGUIA.
CPCopa – Comando do Policiamento da Copa (criado especialmente para a Copa do Mundo Fifa 2014).

soldado-pm-policia-militar-curso-palestra

FORMAS DE INGRESSO NA PMESP

Uma das formas de ingresso na PMESP é através do concurso público para Soldado, no qual o candidato passará por diversas etapas. São elas: prova objetiva, prova dissertativa, teste de aptidão física, exame de saúde, exame psicológico, avaliação de conduta pessoal e análise de documentos. Deve-se lembrar que todas as fases são eliminatórias, assim, o candidato deve estar preparado para conseguir concluí-las com êxito.
Após ser aprovado em todas as etapas, o candidato será encaminhado para a Escola Superior de Soldados da PMESP no caso de seguir carreira como soldado, na qual fará, por 1 ano, o curso de formação. Após completa-lo, o Soldado ocupará o Quadro de Praças da Policia Militar (QPPM), com o cargo de Soldado PM de 2° Cl durante o curso de formação, e após a formação na Escola Superior de Soldados, ele é graduado á Soldado PM de 1° Cl. Durante a sua carreira, poderá chegar até ao posto de Subtenente através de concursos internos.
É importante que durante o período de formação na escola superior de Soldados da PMESP o aluno tenha um bom rendimento, pois o seu desempenho final irá auxilia-lo na classificação para o resto de sua carreira. Após a conclusão do curso, o Soldado é designado para um batalhão de polícia onde começará a sua atuação como Policial Militar.

Infografico_Carreias_PM
O QUE FAZ O SOLDADO DA POLICIA MILITAR?

O Policial Militar tem como objetivo fazer o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, impedir infrações penais e administrativas fazendo a aplicação da lei, na modalidade de policiamento que te for designada, sempre prezando em defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, indo de encontro aos princípios ensinados de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade. Valores esses aprendidos na escola Superior de Soldados da PMESP.

 

REMUNERAÇÃO

O soldado PM 2° Cl recebe a remuneração inicial de R$3.164,58, após a formação e a graduação de Soldado PM 1° Cl há uma pequena alteração, o Soldado passa a receber a remuneração de R$3.476,12. Além de benefícios como um regime próprio de previdência, assistência medica e odontológica, e assistência psicológica.

 

REQUISITOS

Para fazer se tornar Soldado da PMESP, o candidato deve preencher alguns requisitos, sendo eles:
•   Ser brasileiro.
•   Ter idade mínima de 17 anos.
•   Ter idade máxima de 30 anos.
•   Ter estatura mínima, descalço e descoberto de:
•   1,55cm para Mulheres.
•   1,60cm para homens.
•   Possuir aptidão física compatível com o exercício do cargo.
•   Possuir higidez física e mental.
•   Possuir perfil psicológico compatível com o exercício do cargo.
•   Estar quite com as obrigações eleitorais.
•   Estar quite com as obrigações militares, se do sexo masculino.
•   Ter concluído o ensino médio ou equivalente com certificado reconhecido pelo MEC.
•   Ter boa conduta social.
•   Possuir carteira Nacional de Habilitação (CNH), entre as categorias “B” e “E”.

 

 

FASES DO CONCURSO

O concurso é composto por XX fases, sendo elas:
•   Exame de conhecimentos (Parte I e II).
•   Teste de aptidão física (TAF).
•   Exames de saúde.
•   Exames psicológicos.
•   Avaliação da conduta social, da reputação e da idoneidade (Investigação Social).

 

 

EXAMES DE CONHECIMENTOS

O exame de conhecimentos é composto por uma prova dividida em 2 partes, sendo:

Parte I: 60 Questões de múltipla escolha
•   Língua Portuguesa e Interpretação de Texto: 20 Questões.
•   Matemática: 15 Questões.
•   Conhecimentos Gerais: 15 Questões.
•   Noções Básicas de Informática: 5 Questões.
•   Noções de Administração Pública: 5 Questões.

Parte II:
Redação na qual se espera que o candidato produza uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como um referencial para ampliar os argumentos produzidos pelo próprio candidato. Ele deverá demonstrar domínio dos mecanismos de coesão e coerência textual, considerando a importância de apresentar um texto bem articulado.

O exame de conhecimentos é feito em um único dia, ambas as provas são aplicadas no período de 4 horas. O candidato deve administrar o tempo para responder as questões de múltipla escolha, passar as respostas para o gabarito e desenvolver a redação.

 

 

 

TESTE DE APTIDÃO FÍSICA

O teste de aptidão física é composto por 4 exercícios, sendo eles:
•   Flexão e extensão de cotovelos sobre o solo – para os candidatos masculinos
•   Flexão e extensão de cotovelos sobre o solo com apoio de banco sueco – para candidatas femininas.
– Maior quantidade de repetições possíveis dentro do limite de 60 segundos.

•   Abdominal

 

– Maior quantidade de repetições possíveis dentro do limite de 60 segundos.

•   Corrida de 50 metros
– Correr durante 50 metros no menor tempo possível.

•   Corrida de 12 minutos
– Correr durante 12 minutos a maior distância possível.
Todos os testes são feitos em um único dia designado pela PMESP, convocando os candidatos através do diário oficial. Cada exercício tem a pontuação máxima de 100 pontos, de acordo com o desempenho do candidato ele pontua de acordo com a tabela de exercícios. O candidato não deve zerar em nenhum exercício ou fazer menos de 201 pontos para não ser eliminado do concurso. O resultado do teste físico é dado ao final, se foi APTOU ou INAPTO.

 

EXAME MÉDICO

Os exames médicos são eliminatórios, e é realizado pela Junta Médica do Centro Médico da Polícia Militar (Hospital da PMESP), o candidato é submetido a exames médicos, odontológicos e toxicológicos. O candidato será avaliado por peso, altura, e a relação entre peso e altura que é calculado o Índice de Massa Corpórea (IMC) que deverá estar entre 18 e 25. Além disso o candidato é sujeito a diversas inspeções médicas, na intenção de verificar se o candidato está em condições para o exercício do cargo.

EXAMES PSICOLÓGICOS

 

Os Exames Psicológicos, são caráter eliminatório, e serão realizados pelo Órgão de Pessoal da Polícia Militar e terão o objetivo de avaliar se o candidato apresenta características cognitivas e de personalidade favoráveis para o desempenho adequado das atribuições inerentes ao cargo de Soldado da PMESP.
Os exames psicológicos serão divididos em 2 etapas sendo:
•   Psicológico coletivo: Realização de testes psicológicos com o objetivo de identificar traços da personalidade do candidato.
•   Psicológico individual: Realização de um instrumento psicológico e uma entrevista individual com um psicólogo da PMESP com o objetivo de avaliar os traços da personalidade do candidato e como ele lida com elas.

Existe um perfil exigido pela PMESP, tendo ele um total de 7 características exigidas:
•   Flexibilidade moderada – ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função.
•   Disposição para o trabalho – capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o meio.
•   Capacidade de liderança – potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica que mantém o equilíbrio das ações.
•   Relacionamento interpessoal adequado – adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente.
•   Inteligência – grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos e reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir adequadamente seu comportamento.
•   Fluência verbal – facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação.
•   Resiliência – potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.
E também existe o contra perfil psicológico para o soldado, sendo composto por 3 características:
•   Descontrole emocional – utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada.
•   Sinais Fóbicos – presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole.
•   Falta de domínio psicomotor – ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais.

 

INVESTIGAÇÃO SOCIAL

Por fim sendo uma das últimas etapas do concurso, que tem como objetivo avaliar a vida pregressa e atual do candidato em seus aspectos social, moral, profissional e escolar. Ou seja, a PMESP irá ver o circulo de amigos do candidato, sua família, seu emprego atual e os anteriores, as pessoas que ele mora próximo e as instituições de ensino que ele já passou. Essa etapa é feita de forma sigilosa e minuciosa, na intenção de saber tudo sobre a vida do candidato e se ele tem o perfil exigido para se tornar Soldado da PMESP.

 

Todo o processo desde a inscrição para o concurso até a posse, pode se desenrolar entre 8 meses até 1 ano, contando com convocações para as etapas de forma esporádica, ou seja, sem data fixa no inicio do concurso, a cada etapa realizada o candidato é avisado da etapa seguinte, seguindo o calendário da PMESP de acordo com a turma do candidato na realização das fases do concurso.

 

 

Prefere estudar no conforto de casa? Você também pode adquirir o nosso curso 100% online! Clique aqui, e saiba mais! Possuímos quatro pacotes exclusivos, e com certeza um deles será perfeito para você! Prepare-se!

Caso queira saber mais, entre em contato com a nossa central no telefone (11) 4237-2000, no Whatsapp do nosso departamento (11) 95056-6691 ou envie um e-mail para supervisao@palestragratuita.com.br.

FASE 1 - EXAMES DE CONHECIMENTOS

FASE 1 - EXAMES DE CONHECIMENTOS

Fechar Menu