O QUE A PM PODE REPROVAR NA INVESTIGAÇÃO SOCIAL?

Que o processo de ingresso dentro da Polícia Militar do Estado de São Paulo é concorrido todos já sabem. Por isso, quando o candidato chega na Fase da Investigação Social PM é comum que fique com dúvidas do que pode reprovar. Confira agora o que pode reprovar candidatos durante a Fase de Investigação Social no concurso público de Soldado.

O que é a Investigação Social?

É comum que os candidatos questionem se o trabalho feito pela IS PM seja realmente necessário. E a resposta é: SIM, é totalmente necessário. Não podemos nos esquecer que a função de um Policial é respeitada e estimada pela sociedade. Um Policial exerce autoridade e segurança para a população. É a representação da Lei. Por isso, o indivíduo que irá exercer precisa ter tido um histórico de boa conduta, por onde quer que tenha passado.

Quem realiza a Investigação Social?

A Investigação Social PM é feita por investigadores da Polícia Militar – chamados de P2. Os investigadores, por possuírem um trabalho sigiloso, nunca atuam fardados. Usam trajes comuns e realizam a investigação indo até os locais necessários e conferindo as informações que você declarou no Formulário de Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade são verdadeiras.

o-que-reprova-investigação-social-concurso-soldado-pm

O que pode reprovar na Investigação Social?

Durante essa Fase os candidatos buscam todo o tipo de informação com receio de reprovarem. Então o Departamento Jurídico do Curso Palestra Gratuita reuniu os motivos que podem reprovar qualquer candidato durante a Investigação.

  1. Autor de infração penal de menor potencial ofensivo.

A lei nº 11.313 considera infrações penais de menor potencial ofensivo qualquer ato que gere uma pena judicial de no máximo dois anos de prisão.

  1. Relação de amizade com indivíduos envolvidos em práticas delituosas.

A Polícia Militar entende que se você tem amizades ou qualquer tipo de envolvimento com pessoas que tem práticas delituosas você concorda e é conveniente com esses atos. Você tem a opção de se afastar dessa pessoa, e por não fazer isso você deve concordar com as práticas.

  1. Comportamento que vá contra a moral e os bons costumes da PM.

  2. Infringir o código de trânsito.

O Edital exige que o candidato tenha CNH classe B, por isso durante a Investigação Social PM o candidato tiver CNH cassada, suspensa por mais de uma vez ou que infrinja os códigos de trânsito frequentemente provavelmente será reprovado.

  1. Frequentador de local incompatível.

A polícia militar entende por local incompatível lugares onde pessoas que infrinjam leis costumam frequentar; lugares onde ocorra tráfico; ou crimes contra o pudor como prostituição e coisas dessa natureza.

  1. Demitido por justa causa.

Não podemos nos esquecer que ser policial é um emprego. A Polícia Militar não quer alguém que tenha sido demitido por justa causa – pois entende-se que a demissão por justa causa aconteceu por mal comportamento/prestação de serviço entre outros motivos similares.

  1. Inadimplente em compromissos financeiros (nome sujo)

  2. Omissão

Omissão é tudo o que todos a sua volta sabiam e você não relatou. Durante a Investigação os P2 entram em contato com familiares, amigos, vizinhança e pessoas com qual você já trabalhou. Então se eles relatarem algo que você não relatou você pode ser reprovado.

Ex: Você preencheu a Ficha da IS e disse que não tem contatos com pessoas que usam entorpecentes. Mas durante a investigação seus vizinhos relataram que você tem amizade com usuários de droga. A sua omissão pode te reprovar.

Confira também os Documentos necessários para entregar na Fase de Documentos e Títulos que ocorre ao mesmo tempo que a Investigação Social PM.

documentos-investigação-social-IS-concurso-pm

Existem outros casos que podem levar o candidato a ser reprovado. Entre em contato com nosso Departamento de IS, nossa equipe irá te orientar sobre como proceder durante a Investigação Social PM.

Comentários

Artigos Recentes

Loading...