APROVAÇÃO NO PSICOLÓGICO | TEIMOSIA

Prepare-se para o concurso

Você que deseja ser um policial militar, já usou frases como: “Eu sei o que estou fazendo!”; “Quem é você para me ensinar como fazer isso?”; “Eu faço isso há 20 anos e sei como é, não preciso de ajuda.”; “Não se preocupe, sei o que eu faço!”. Veja como dar mais um passo em direção a sua aprovação no psicológico!

Geralmente essas são algumas falas comuns de pessoas teimosas. Mas o que caracteriza uma pessoa como teimosa? Como a teimosia pode ser prejudicial para sua aprovação no psicológico?

A teimosia é a atitude ou o vício de não querer mudar de ideia ou de não ouvir o conselho de outras pessoas e de persistir nos próprios erros.

Infelizmente, quanto mais velhos ficamos, mais teimosos tendemos a nos tornar.  à medida que envelhecemos, fica mais difícil aprender coisas novas, e nossos hábitos de pensamento e comportamento estão mais arraigados. Geralmente nos tornamos menos receptivos e mais propensos a manter nosso modo de pensar e agir.

Tal atitude para aqueles que pensam ingressar na carreira militar pode ser preocupante, pois como conviver em equipe com alguém que só aceita as coisas se for do seu jeito? Que muitas vezes persiste em fazer as coisas da sua maneira e acaba repetindo os mesmos erros? Aprender a trabalhar esse defeito e essencial para aqueles que querem a aprovação no psicológico.

 

 

COMO SE TORNAR MAIS FLEXÍVEL E ASSIM GARANTIR A SUA APROVAÇÃO NO PSICOLÓGICO DA PM

Uma das dúvidas psicológico da PM quanto a esse defeito, e o fator de como mudar, uma vez que em geral a pessoa teimosa age dessa maneira a muito tempo.

O positivo neste sentido é que: a pessoa teimosa não está condenada a ser assim para sempre. Pois, a teimosia é, pelo menos em parte, um hábito e, portanto, uma propriedade de nosso caráter (que pode ser mudada). Vejamos algumas formas de mudar:

  • Pratique a humildade nas pequenas coisas, por exemplo, ao lidar com pequenas divergências que realmente não importam;
  • Tente uma nova maneira de fazer as coisas que você sempre fez. Siga os conselhos das pessoas sobre diferentes rotas pela cidade onde você mora, diferentes maneiras de preparar a comida e assim por diante;
  • Entenda que os outros também tem sua própria maneira de agir e fazer as coisas, o que não nos dá o direito de impor sobre eles nosso jeito de fazer;
  • Evite entrar em discussões por teimosia, para de tentar provar que sabe as coisas ou seu jeito de fazer e o certo. O fato de as pessoas fazerem ou pensarem diferente de nós, não significam que elas estas erradas e nos certos.
  • Seja humilde e aprenda a pedir ajuda a outras pessoas.

 

 

Leve em conta que vivemos em um mundo onde a flexibilidade é essencial: ela é necessária para podermos adaptarmos, nos ajudarmos e acima de tudo convivermos em harmonia. Não faça da teimosia uma “pedra dura” que pode impedir o seu caminho rumo a sua aprovação no psicológico.

 

PERFIL EXIGIDO PARA SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  1. Flexibilidade moderada – ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função;
  2. Disposição para o trabalho – capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o meio;
  3. Capacidade de liderança – potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica quem mantém o equilíbrio das ações;
  4. Relacionamento interpessoal adequado – adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente;
  5. Inteligência – grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos e reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir adequadamente seu comportamento;
  6. Fluência verbal – facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação;
  7. Resiliência – potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.

 

Veja o que o edital da PM versa sobre o perfil psicológico de Soldado PM APTO

 

CONTRAPERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  1. Descontrole emocional – utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada;
  2. Sinais Fóbicos – presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole;
  3. Falta de domínio psicomotor – ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais.

 

Últimas do Blog

Categorias do Blog

Nossos Cursos

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias:

Voltar página anterior
Fechar Menu