Psicotécnico da PM

Prepare-se para o concurso

A fase do psicotécnico da PM é composta por duas etapas, a primeira é chamada de fase coletivo onde são realizados os testes da PM, com o objetivo de conhecer características da personalidade do candidato a fim de levantar seu perfil para realizar a segunda fase, que é chamada de individual, onde o candidato realiza uma entrevista individual com o psicólogo. Nessa fase o psicólogo buscará compreender como as características de personalidade apontadas nos testes psicotécnico da PM da primeira etapa funcionam no dia a dia do candidato.

O psicólogo por meio de perguntas buscará compreender as opiniões e atitudes do candidato frente aos mais diversos tipos de situações, com o objetivo de avaliar se o perfil do candidato está coerente com o perfil buscado pela instituição da PM de SP.

O perfil psicotécnico de soldado exigido pela PM de SP ao contrário do que muitos pensam não é o perfil de uma pessoa perfeita, pelo contrário é o perfil de uma pessoa com autoconhecimento e abertura necessária para lidar com mudanças, situações frustrantes, e com equilíbrio emocional.

A fase do psicotécnico da PM têm um papel importante na avaliação do candidato, infelizmente por se sentirem inseguras algumas pessoas costumam criar grandes mitos sobre os testes psicotécnicos e com isso acabam sentindo muito medo dessa etapa do concurso. Os testes psicotécnicos têm o único objetivo de conhecer as opiniões, sentimentos e atitudes do candidato, a fim de buscar compreender se o perfil do candidato é compatível com o perfil psicológico buscado pela PM.

 

 

Quanto mais autoconhecimento e autoconfiança o candidato tiver, melhor será para ele, pois obtém êxito nessa fase aquele candidato que se conhece muito bem, que sabe de seus pontos fortes e fracos, como melhorá-los, e também que confia em si, em seu potencial e em seu sonho.

O autoconhecimento é um processo que objetiva identificar padrões de pensamento e hábitos pessoais e, a partir disso, permitir que o indivíduo consiga melhorar suas respostas comportamentais e tomadas de decisão. O autoconhecimento começa dentro da mente e se reflete no exterior, mudando positivamente a forma como uma pessoa percebe o mundo e reage a diferentes situações. Hoje é considerado uma das habilidades mais importantes para o sucesso de uma pessoa, tanto no aspecto pessoal, como profissional. A maneira como você se comporta e responde a situações externas é regida por processos mentais internos, e conseguir identificá-los e compreendê-los é essencial para ter uma vida mais saudável e equilibrada.

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem, de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa. Serenidade e tranquilidade são características de uma pessoa autoconfiante, pois se mantém em equilíbrio mesmo quando passa por um momento de pressão e possui um forte senso de convicção sobre a sua capacidade de realização.

Portanto, não há porque temer os testes psicotécnicos da PM, não se trata de um bicho de sete cabeças, e sim uma fase importante e necessária para conhecer melhor o candidato e melhor avaliá-lo. Procure durante essa fase e em todas as outras manter-se calma e tranquilo, confiante de que você está no caminho certo. E não deixe de continuar se preparando aqui conosco do curso palestra gratuita, afinal candidato que se prepara com antecedência se sente cada vez mais capacitado para o cargo.

Espero que tenha gostado do texto e que ele possa ter ajudado você a compreender melhor sobre o objetivo dos testes da PM. Até a próxima! Veja o que o edital da PM diz sobre o perfil psicológico de Soldado PM

 

 

PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Flexibilidade moderada – ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função;
  • Disposição para o trabalho– capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o meio;
  • Capacidade de liderança – potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica quem mantém o equilíbrio das ações;
  • Relacionamento interpessoal adequado – adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente;
  • Inteligência – grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos e reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir adequadamente seu comportamento;
  • Fluência verbal– facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação;
  • Resiliência – potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.

 

CONTRAPERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

 

  • Descontrole emocional– utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada;
  • Sinais Fóbicos– presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole;
  • Falta de domínio psicomotor– ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais.

Últimas do Blog

Categorias do Blog

Nossos Cursos

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias:

Voltar página anterior
Fechar Menu