APTIDÃO PSICOLÓGICA NA PM

Prepare-se para o concurso

Muitos candidatos não sabem o que consiste nos testes de APTIDÃO PSICOLÓGICA, um processo muito comum em processos de seleção de pessoas em vários concursos da área de segurança pública. Esses processos também são vistos em candidatos que disputam vagas em tribunais de justiça, como também em processos do Detran, para obter a carteira de habilitação, passamos pelos os mesmos procedimentos, para atestarem que possuímos controle emocional, assim como outros aspectos psicológicos. E caso o candidato venha a ser considerado inapto nesta fase, ele deixa o certame mesmo passando nas fases anteriores, pois essa fase é eliminatória.

 

 

É muito importante que o candidato deve ler o edital do concurso, para pesquisar quais características pedidas no perfil psicológico para ser confrontada no exame de APTIDÃO PSICOLÓGICA. Pois sua reprovação não significa que o candidato é desqualificado para exercer a função. Isso só significa que em alguns requisitos não foram preenchidos para o exercício para função o que o concurso estava avaliando.

 

VEJA O QUE O EDITAL VERSA SOBRE O PERFIL PSICOLÓGICO DA PM

 

No caso em questão, o cargo de aluno policial militar 2ªclasse, exige que o candidato possua APTIDÃO PSICOLÓGICA, para portar e usar, arma de fogo, que possua capacidade emocional bem canalizada, portanto, não deve ter comportamentos agressivos de violência física e verbal, considerados fora do normal, assim como comportamentos impulsivos que vão colocar sua vida e as de demais em risco desnecessário. Assim como comportamentos que envolvam se relacionar com outras pessoas e tomada de decisões adequadas a função.

Também deva possuir a capacidade de concentração e atenção, e a sua capacidade de se manter forte diante a frustações. Visto que um aluno policial militar 2ª classe irá trabalhar em diversas situações, que vão exigir seu máximo até chegar ao seu trabalho na rua, onde demostrara que conseguiu absorver todos os conhecimentos necessários para exercer a função.

O Exame de APTIDÃO PSICOLÓGICA são diferentes e varia de concurso para concurso, mas todos tem como objetivo avaliar habilidades do indivíduo, assim como a personalidade de forma ampla. Entre essas características avaliadas estão o controle emocional, averiguação de sinais de medos irracionais e controle disrítmicos, relacionamento com pessoas e a capacidade de tomada de decisão.

 

COMO É FEITA A AVALIAÇÃO DA APTIDÃO PSICOLÓGICA?

 

Os exames de APTIDÃO PSICOLÓGICA são feitos por psicólogos da própria instituição. Os psicólogos da PM, possuem experiencia e competência para realização de todo o processo seletivo.

Toda a escolha do teste até a aplicação, é feita com uma rígida e cautelosa regra, para manter a confiabilidade de todos os instrumentos escolhidos. Sempre se pautando nas regras do Conselho Federal de Psicologia

Se o edital não mencionar de maneira clara o objetivo, as qualidades da avaliação e as características psicológicas determinadas para a colocação, o candidato inapto poderá entrar com recurso.

 

Para a avaliação de inteligência podem ser utilizados exercícios de raciocínio, logico. Já os de personalidade avaliam traços e características do candidato.

Nós do Curso Palestra Gratuita, estamos a mais de 17 anos desenvolvendo candidatos que buscam o êxito na fase de APTIDÃO PSICOLÓGICA, através de técnicas e exercícios que estimulam a compressão dos pontos a se melhorar e enaltecendo os pontos fortes.

 

PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Flexibilidade moderada – ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função;
  • Disposição para o trabalho– capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o
    meio;
  • Capacidade de liderança – potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica quem mantém o equilíbrio das ações;
  • Relacionamento interpessoal adequado – adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente;
  • Inteligência – grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir
    adequadamente seu comportamento;
  • Fluência verbal– facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação;
  • Resiliência – potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.

 

 

CONTRAPERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Descontrole emocional– utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada;
  • Sinais Fóbicos– presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole;
  • Falta de domínio psicomotor– ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais.

 

Últimas do Blog

Categorias do Blog

Nossos Cursos

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias:

Voltar página anterior
Fechar Menu