PSICOLÓGICO PM - FLUÊNCIA VERBAL

O que é fluência verbal? E como saber se sua fluência verbal é boa o bastante? Vamos esclarecer essas dúvidas aqui hoje! Pois é muito importante que sua fluência verbal esteja excelente na sua entrevista durante a Fase do Exame Psicológico PM.

Fluência verbal está relacionada diretamente a sua verbalização, ou seja, à sua fala. Sua capacidade de oração. Quando você conversa com as pessoas, elas conseguem compreender o que você está falando?  Isso é primordial para profissionais da área da segurança pública. Ou seja, algo muito importante para Oficial ou Soldado PM. Vamos então falar de três coisas que influenciam mais do que a gente imagina em nossa fluência verbal.

psicologico-pm-perfil-psicologico-fluencia-verbal

  • Gírias:

São presentes em nosso cotidiano, mas podem se tornar vícios de linguagem. É importante saber em que meio me encontro e qual a abertura deste para que eu traga gírias e expressões que uso, por exemplo, em minha academia, em meu trabalho ou com meus amigos. O excesso de gírias ou termos como “tipo”, “hã”, “é”, “assim”, “aí”.

Uma boa maneira de se policiar e tornar isso um jogo entre seus amigos ou colegas de trabalho, anotando sempre que alguém usa repetitivamente a mesma expressão. Isso faz com que você se atente mais ao que fala e procure palavras que possam substituir e melhorar os termos em seu discurso.

  • Leitura:

Pessoas que leem mais tem maior amplitude de vocabulário. O conhecimento da linguagem e de diversas áreas e questões são capazes de aumentar e tornar melhor seu vocabulário. Vale lembrar que nem sempre palavras difíceis e bonitas são as melhorar para cada situação. É preciso compreender quem é a pessoa para quem estou passando a mensagem de maneira que o que eu fale seja compreendido por ela.

Caso você se sinta preso em poucas e mesmas palavras: leia mais, ouça mais músicas e pratique sua escrita. Dessa forma você pode aumentar seu vocabulário. Um bom exercício também é abrir o dicionário e aprender uma palavra nova por dia, assim você se torna capaz de colocar em pratica diversas palavras que você não tinha conhecimento e podem agregar no seu cotidiano, além de descobrir palavras inusitadas.

(Você sabia que existe uma palavra para “se jogar da janela/jogar da janela? Se chama Defenestrar)

  • Verbalização:

Por fim, a forma que você se expressa também tem muita influência nesse aspecto. Falar muito rápido, por exemplo, pode tornar sua mensagem incompreensível, assim como demonstrar ansiedade e impulsividade. Falar muito devagar, por outro lado, pode trazer sonolência e impaciência para o receptor da sua mensagem. É importante compreender a velocidade em que você fala, muitas vezes falamos muito rápido ou devagar e não percebemos. Outra questão é o tom de voz. Falar muito alto ou muito baixo pode afetar a maneira que a mensagem é recebida. Falar muito alto pode trazer, por exemplo, uma sensação de agressividade, rispidez, raiva, enquanto falar muito baixo pode demonstrar timidez, insegurança, falta de confiança.

Pergunte para as pessoas ao seu redor como você está se expressando e busque melhorar. Cantar no chuveiro e se gravar conversando com as pessoas são boas formas de entender como nos expressamos e a quantas anda nossa fluência verbal.

Aqui embaixo vamos deixar a lista de características exigidas no exame psicológico para concurso de Soldado PM. Assim os candidatos podem se atentar ao que é cobrado pelo Edital PM.

PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Flexibilidade moderada – ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função;
  • Disposição para o trabalho– capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o meio;
  • Capacidade de liderança – potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica quem mantém o equilíbrio das ações;
  • Relacionamento interpessoal adequado – adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente;
  • Inteligência – grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos e reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir adequadamente seu comportamento;
  • Fluência verbal– facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação;
  • Resiliência – potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.

CONTRA PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Descontrole emocional– utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada;
  • Sinais Fóbicos– presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole;
  • Falta de domínio psicomotor– ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais

Comentários

Artigos Recentes

Loading...