PSICOLÓGICO PM – SOLDADO PM E OS PERIGOS DA ZONA DE CONFORTO

Muitas vezes vivemos no automático e não tomamos consciência das coisas que sentimos, vemos ou fazemos. Muitas vezes sequer sabemos o que fizemos no caminho. Só sabemos que chegamos. Um exemplo disso são aqueles momentos em que ficamos centrados em nossos celulares. E só prestamos atenção no que está no nosso redor quando chegamos em nossas casas. Compreende-se que sair da zona de conforto é importante para o psicológico PM.

Enquanto você seguia seu caminho de todos os dias você nota que uma nova casa foi construída. Ou há uma nova loja na esquina. Você não percebeu nada ao longo dos dias, pois estava levando sua vida de forma tão automática que não se atentou ao seu entorno. Para a PM é muito importante estar sempre atento ao que acontece a sua volta. E como você lida com isso será avaliado no psicológico PM.

Atente aos seus hábitos

Portanto, para a fase do psicológico PM, é importante entender e compreender o que temos feito. E como temos feito as coisas e fazê-las de outra forma. Então, consequentemente, tendo isso em vista, é de suma importância que você se atente aos seus hábitos e sai da sua zona de conforto.

Vamos olhar as estatísticas dos candidatos APTOS e NÃO-APTOS do concurso de Soldado PM, edital n° 1/321/18. Mais da metade dos candidatos foram avaliados como NÃO-APTOS, isso por diversos motivos. O quanto nos atentamos ao nosso redor e às nossas ações, por exemplo, podem repercutir tanto positivamente quanto negativamente em itens como Relacionamento Interpessoal, Flexibilidade e Capacidade de Liderança, normalmente trazido por vocês, nossos alunos, como itens da reprovação.

perfil-psicologico-pm-edital-concurso-pm-psicologicopm

Na psicologia tudo é subjetivo. Atenção importa porque se relaciona com tudo o que fazemos na vida, levamos para todo lugar – sair da zona de conforto é ligado a flexibilidade

Para a fase do psicológico PM é importante não só que passemos a entender e compreender o que temos feito e de que maneira temos feito, como também passar a fazer as coisas diferentes. Sim, diferentes. Sair da zona de conforto.

Sair da zona de conforto é algo que não só demonstra flexibilidade. Pode, também estar diretamente relacionado à nossa capacidade de liderança, resiliência e nossos relacionamentos interpessoais, que são aspectos levados em consideração durante o psicológico da PM. Significa você ver o mundo de outra forma. Parar para pensar como outras pessoas pensam e se sentem. Compreender que existem pessoas diferentes de você.

E uma das melhores formas de compreendermos como sair da nossa zona de conforto é desenvolvendo os aspectos exigidos pelo edital psicológico da PM (junto do seu do autoconhecimento.)

 PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Flexibilidade moderada– ausência de rigidez na conduta, no limite em que não comprometa sua conduta no bom desempenho da função;
  • Disposição para o trabalho– capacidade para suportar longa exposição a agentes estressores, sem permitir que estes causem danos físicos ou mentais, sendo capaz de manter um bom nível de energia interna da qual o indivíduo dispõe para interagir com o meio;
  • Capacidade de liderança– potencial para agregar as forças da comunidade, valendo-se de criatividade e proatividade, sem abdicar da autocrítica quem mantém o equilíbrio das ações;
  • Relacionamento interpessoal adequado– adequado nível nas relações humanas, estejam em conflito ou não, que permita aperceber-se do comportamento dos outros do mesmo modo em que consegue comunicar-se apropriadamente;
  • Inteligência– grau de inteligência geral (fator G) dentro de faixa mediana padronizada para a análise, aliado à receptividade para incorporar novos conhecimentos e reestruturar conceitos já estabelecidos, com potencial de memorização, a fim de dirigir adequadamente seu comportamento;
  • Fluência verbal– facilidade para manipular os termos linguísticos na expressão do pensamento, através da verbalização clara e eficiente, expressando-se com desembaraço, sendo eficaz na comunicação;
  • Resiliência– potencial para superar frustrações e reveses, valendo-se da aprendizagem das vivências para desenvolver melhor suas atividades, tornando-as mais produtivas.

CONTRA PERFIL PSICOLÓGICO DO SOLDADO PM DE 2ª CLASSE

  • Descontrole emocional– utilização do potencial emocional sobrepondo-se ao racional, comprometendo o comportamento, seja por impulsividade, ansiedade ou agressividade descontrolada;
  • Sinais Fóbicos– presença de sinais de medo patológico ou irracional, com dificuldade para manter o autocontrole;
  • Falta de domínio psicomotor– ausência de habilidade cinestésica, por meio da qual o corpo se movimenta com eficiência, atendendo com presteza as solicitações psíquicas e ou emocionais.

O nosso curso de Desenvolvimento Pessoal, está de portas abertas a te auxiliar nessa busca. Contamos com aulas presenciais e online. Entre em contato conosco e saiba mais.

 

Comentários

Artigos Recentes

Loading...